quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Garoto de 18 anos é preso por beijar menino de 13

Manchete do dia:

JOVEM DE 18 ANOS É PRESO POR BEIJAR GAROTO DE 13 EM CINEMA DE SHOPPING
Beijo consentido por menor durou 5 minutos, diz gerente em SP. Maior responderá por estupro de menor de 14 anos, segundo a lei.




Não. Não sou uma pessoa que gosta de se fazer de vítima. Não tenho instintos paranóicos de achar que tudo que sofro por culpa de outrem é por que sou gay e nem acredito que somos perseguidos e por isso tanta homofobia. Mas precisamos analisar os fatos de forma panorâmica antes de nos posicionarmos e determinadas situações são clara e unicamente HOMOFÓBICAS.

Quantos homens namoram meninas mais jovens que eles? E sim, falo meninas por me referi a garotas com 13, 14, 15, 16 anos... Minha irmã de 17 anos, há um, namora um homem de 27 e todo mundo acha comum. Mas quando o menor é outro homem passa a ser crime? Por favor. Nada do que me disserem me fará crer que não houve discriminação.

Denunciar um rapaz de 18 anos por estupro por ter beijado OUTRO RAPAZ, mas de 13 anos, é, na minha opinião, no mínimo, digno de repulsa. Não sei da índole do maior e nem as reais intenções dele, mas PRENDER sob acusação de estupro e sob pena de pegar 14 anos de prisão é que deveria ser considerado crime. De homofobia. Crime que a sociedade insiste em fingir que não vê. Pior, crime que a sociedade insiste em incentivar sob a égide de proteção a valores falidos como a moral.

Até quando teremos de lidar com isso? Até quando ficaremos de mãos atadas, Brasil?

Leia a notícia na íntegra AQUI.

17 comentários:

Ricardo disse...

Pois é infelizmente essa é a ótica que a sociedade ainda vê certas coisa, o interessante aqui é q devemos seguir o teu exemplo e não ficar calados quanto a isso, expor nossas opiniões ainda que não seja uma real mudança é o minino q se pode fazer!

Anônimo disse...

É IMPRESSIONANTE ESSA NOTÍCIA. SINCERAMENTE, APOSTO SE FOSSE UM RAPAZ DE 18 ANOS BEIJANDO UMA MENINA DE 13 ANOS, O GERENTE NÃO CHAMARIA A POLÍCIA. ISSO É HOMOFOBIA POR PARTE DO GERENTE. É ELE QUE DEVERIA SER PRESO.

Lola disse...

Ai amigo...já fiquei indignada! Acabei de comentar essa notícia no blog da Lilah. Como a nossa sociedade é tacanha e hipócrita! Pessoal se preocupa com tanta coisa boba e se esquecem dos verdadeiros crimes como Jornalistas que assassinam ex-namorada e não é preso, Advogado que afoga ex-namorada e não é preso...enfim, isso é Braseeeel! Infelizmente.

Bjs

Bonter disse...

Vou por partes, não acho que seja homofobia terem prendido por pedofilia, no caso a polícia fez o que deveria fazer. Se é crime, maior beijar menor, não posso criticar quem denunciou nem quem cumpriu a ordem.

Pode, claro, ter sido por serem homoafetivos, também poderia ter passado batido se fosse um homem mais velho e uma garota mais nova, mas, em todo o caso, tbm estaria errado, pela lei.

Não vou discutir moralidade porque acho que não acho que essa seja a questão. Quem fez a denuncia poderia ter boas inteções...

Como aconteceu no caso do homem beijando a filha na piscina em Fortaleza, teve quem viu maldade, teve quem viu normalidade.

Mr.Erik disse...

Poxa achei uma sacanagem com o garoto de 18, pois o beijo não foi forçado nem ouve nada de mais, mas se fosse um cara de 18 com uma garota de 13 não seria nada de mais, é se o cara fosse preso as pessoas da peudo-sociedade moral iriam defende-lo. também não acho que deva prender alguem só por esse motivo, e muita homofobia, Não acho bonito casais gays ,mas sei que não se deve prender alguem só por hipocrisia.

Té P. disse...

oi
realmente há coisas q ñ tem como ñ ver como preconceito.
tbm concordo q se fosse uma situação mais "tradicional", homem e mulher, a denuncia ñ teria existido.
ñ sou especialista no assunto, mas beijo ñ configura estupro, e existem outras questões nessa acusação aí q são, no mínimo, esquisitas.
Resta saber se foi o delegado q ñ soube autuar o caso, ou se foi a matéria que "exagerou"...

rafaelzinho disse...

Eu sinceramente só consigo sentir desprezo, ódio e indignação. Coisa ridícula! Infelizmente, ainda vivemos Brasil, ainda vivemos preconceitos e injustiças.
Até pode ser, que, a pessoa que denunciou tenha feito por boa fé (à moral heterosexualista e machista), mas não tem como se negar que ouve, sim, homofobia. Tanto da parte de quem denunciou e da "Justiça" brasileira.
Eu, cada dia que passa, sinto mais desprezo pelos brasileiros (não generalizo!). Triste! E aos injustiçados esperança.

Rodrygo27 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rodrygo27 disse...

Eu sinceramente só consigo sentir desprezo, ódio e indignação. Coisa ridícula! Infelizmente, ainda vivemos Brasil, ainda vivemos preconceitos e injustiças.
Até pode ser, que, a pessoa que denunciou tenha feito por boa fé (à moral heterosexualista e machista), mas não tem como se negar que houve, sim, homofobia. Tanto da parte de quem denunciou e da "Justiça" brasileira.
Eu, cada dia que passa, sinto mais desprezo pelos brasileiros (não generalizo!). Triste! E aos injustiçados esperança.

Obs.: O comentário de cima foi postado pela conta do meu primo. Por favor, desprezem-no. Jock, apague-o por favor. Beijo, te amo!

Família Colorida disse...

Essa notícia também me deixou horrorizada, é um caso TÍPICO de homofobia, não é possível que ninguém enxergue isso! Se fosse uma menina de 13 anos ninguém nem teria se importado em checar a idade dela. Ridículo. A justiça brasileira me assusta.

Beijos

Jock Dean disse...

Galera, obrigado pelos comentários. Como disse, não estou dizendo que não houve crime. Se a lei diz que menores de 14 não podem se envolver com adultos, pois que ela seja aplicada a TODOS. Independente da classe social, da sexualidade. Para punir um crime comentem outro absolutamente injusto. Tanto quem denunciou quanto quem o manteve preso por cinco dias só levou em consideração o fato de ser um homem gay com um menino. Isso é ultrajante. As pessoas não percebem que uma acusação como essas, depois de veiculada pela mídia ganhar status de verdade. Para sempre ele viverá com a sombra dessa acusação. Para muitos, mesmo que a "Justiça" o absova, ele será sempre um estuprador, aliciador de crianças. Isso é indignante.

Anônimo disse...

num tinha outro lugar pra vcs irem kkk

Gustavo disse...

É realmente com tanta gente intolerante ao derredor esse rapaz foi no mínimo imprudente beijar o garoto na frente justamente deles
.Segundo a lei um menino de treze anos a quem eles chamam de menor impúbere,pelo menos na interpretação da lei ainda que este já tenha atingido a puberdade, ainda não tem noção do que é um relacionamento amoroso havendo sexo ou não o que é bem descutível pois os de 14 já teriam idade soficiente para consentir.Isso é considerado um estupro de vunerável.Se ele tivesse 12 seria pedofilia mas se o rapaz mais velho tivesse16, 17 ou 17 e meio não haveria crime.Vejam que coisa esdrúxula .Eu particulamente penso que um menino de 13 anos já sabe o que é uma relação sexual sem sombra de dúvida e o que significa um relacionamento amoroso.Acho que também já tem indicação bem clara da sua sexualidade.
Claro que se fossem heterossexuais ninguém teria chamado a polícia e aí a gente constata que a lei não é igual para todos.Isso é HOMOFOBIA sem dúvida o que chamou a atenção foi o fato de serem dois rapazes pois homens adultos namorando meninas menores não é nem novidade ocorre em toda parte.

Anônimo disse...

Bonter,não é pedofilia pois o menino tinha mais de doze anos.O rapaz foi preso por estupro de vunerável porque ele beijou alguém menor de 14 anos somente nesta idade um menor pode consentir que alguém o beije ou qualquer coisa de natureza sexual.Essa lei é estranha.Eu queria saber se a mente de um menor de 13 é tão diferente assim de um de 14.

Anônimo disse...

Ouvi um desembargador dizer que tecnicamente a prisão foi correta porque o menino tinha 13 anos o que constitui estupro de vunerável se tivesse menos seria pedofilia e se tivesse mais de 14 seria corrupção de menores ou seja o rapaz estaria prejudicado de todo jeito.Nossa sociedade é muito hipócrita.

Demétrio disse...

Penso que ninguém aqui está questionando a validade da lei em si,apenas as circunstancialidades do ocorrido desse acontecimento especificamente,e não geral.No caso em questão a polícia foi acionada por uma mulher que seguramente achou o casal um tanto incomum,quando em contrapartida, essa mesma lei é infligida constantemente por casais heterossexuais,e niniguém dá a mínima.Por certo pensou dois rapazes fazendo uma coisa que eu só admito heterossexuais fazendo ou seja a ideia errada da anormalidade e da antinaturalidade da homossexualidade.Para mim isso é preconceito sim senhor.Essa mulher deve ser daquelas que acham que gays são a escória do mundo.

Anônimo disse...

HIPOCRISIA TOTAL.

Postar um comentário